LARANJA MECÂNICA

LARANJA MECÂNICA

Uma das mais brilhantes sátiras distópicas já escritas, Laranja Mecânica ganhou fama ao ser adaptado em uma obra magistral do cinema pelas mãos de Stanley Kubrick. O livro, entretanto, também é um clássico moderno da ficção inglesa e um marco na cultura pop, que ao lado de 1984, de George Orwell, Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley, e Fahrenheit 451, de Ray Bradbury, representa um dos ícones literários da alienação pós-industrial. Alex é o jovem líder de uma gangue de adolescentes cuja diversão é cometer perversidades e atos de violência pelas ruas de uma cidade futurista governada por um Estado repressivo e totalitário. Depois de cometer um crime que termina em um assassinato, ele acaba preso pelo governo e submetido a um método experimental de recondicionamento de mentes criminosas, que se utiliza de terapia de aversão brutal. Brilhante, transgressivo e influente, o livro traz uma visão assombrosa do futuro contada em seu próprio léxico inventivo chamado “nadsat”, que mescla gírias de gangues inglesas e palavras russas. O filme homônimo de Stanley Kubrick teve como base as primeiras edições americanas deste livro, que por conta da insistência dos editores americanos, tiveram o capítulo final suprimido, acreditando que um final sem redenção para Alex seria mais realista. Esta edição, entretanto, mantém o capítulo final original. A nova edição ganha uma capa de Giovanna Cianelli inspirada em uma cena marcante do filme e que transmite toda a influência pop que ele representa, homenageando-o como clássico que é. + Esta nova edição ganha capa da designer e ilustradora Giovanna Cianelli, que se inspirou em uma cena marcante do filme transmitindo toda a influência pop que ele representa. + Laranja Mecânica, obra de Anthony Burgess, é um dos livros mais importantes do gênero distopia. O clássico está ao lado de títulos como Fahrenheit 451, Admirável Mundo Novo e 1984. + Em 1971 a obra ganhou adaptação para o cinema nas mãos de Stanley Kubrick, que criou uma estética inovadora para filme. Apesar de nunca ter ganhado o Oscar, a produção é considerada por muitos a obra-prima do cineasta. + Em sua terceira edição, o livro já vendeu mais de 150 mil exemplares. + Contém os extras (que também estavam presentes nas outras edições): Nota do tradutor e glossário “nadsat”, vocabulário de gírias usadas pelos personagens no livro.

Autor: BURGESS, ANTHONY

Tradutor: FERNANDES, FABIO

Ilustrador: CIANELLI, GIOVANNA

Origem:  NACIONAL

Editora: EDITORA ALEPH

Edição:  1

Assunto: Literatura Internacional – Ficção Cientifica

Idioma: PORTUGUÊS

Ano de Edição: 2019

Ano:  2019

País de Produção: BRASIL

Código de Barras:  9788576574460

ISBN:  8576574462

Encadernação:  BROCHURA

Altura: 21,00 cm

Largura: 14,00 cm

Comprimento: 1,00 cm

Peso: 0,27 kg

Quantidade de Itens do Complemento:  0

Nº de Páginas:  288

Girohost - Soluções em Tecnologia